Viagem de Carnaval pode descontrolar o orçamento doméstico de 2015

By | 28/01/2015

Após as comemorações de fim de ano, os brasileiros já ficam na expectativa para o feriado de Carnaval. Porém, é importante que o consumidor tenha cautela na hora de assumir uma nova dívida porque o ano de 2015 já iniciou com uma série de aumentos em produtos, serviços e impostos, diminuindo a renda e o poder de compra da população. 

Segundo o superintendente do SerasaConsumidor, Júlio Leandro “é necessário que o cidadão esteja consciente de que viajar neste momento sem ter feito um bom planejamento pode aumentar o risco de descontrole no orçamento da família”.

Inadimplentes 

Se o consumidor já estiver endividado, a recomendação da Serasa é que ele evite assumir novos gastos e utilize sua renda mensal disponível para aliviar o bolso. “Por mais perto ou rápida que seja, uma viagem sempre traz um gasto alto para o consumidor”, ressalta Júlio Leandro.

Caso o comprador já esteja inadimplente, o primeiro passo é buscar a renegociação das dívidas com os credores antes de entrar em novas dívidas. 

Dicas 

Para ajudar o consumidor que pretende viajar no Carnaval, a Serasa preparou dez dicas para economizar. Confira a seguir:

1) Procure e verifique com atenção as promoções de última hora realizadas pelas agências de turismo, companhias aéreas e sites de compras coletivas confiáveis;

2) Veja se a empresa escolhida possui uma situação financeira estável, para não ser surpreendido às vésperas da viagem.

3) Pesquise o preço das passagens nos sites das empresas de transporte aéreo e terrestre e agências de turismo. Informe-se sobre juros cobrados em caso de parcelamento longo. 

4) Se optar por pacotes de viagem, analise várias agências, pesquise preços.

5) Cuidado com longos parcelamentos para não comprometer ainda mais a renda. 

6) Conte com a ajuda da internet para pesquisar informações sobre os hotéis e pousadas.

7) Quando estiver hospedado, evite consumir os produtos do frigobar. Geralmente, o preço é acima do mercado, além de em alguns lugares serem aplicadas ainda as taxas e impostos. 

8) Informe-se sobre os preços, segurança e formas de traslados disponíveis no destino. 

9) Faça as contas e veja se é ou não vantajoso viajar de carro. Se a distância for curta e o carro estiver com a capacidade máxima e segura de pessoas, pode valer mais a pena do que ir de ônibus ou avião;

10) Programe-se também para as despesas durante a viagem. Use a internet para pesquisar preços de refeições, transporte e passeios.

Negócios