Tribunal ordena liberação de filhos de Hosni Mubarak, ex-ditador egípcio

By | 22/01/2015

O Tribunal Penal do Cairo decidiu nesta quinta-feira (22) liberar os filhos do ex-ditador Hosni Mubarak, Alaa e Gamal, que estavam presos na penitenciária de Tora, na capital egípcia. Os dois enfrentam a acusação de apropriação indevida de fundos públicos.

Eles haviam sido condenados a quatro anos de prisão cada um, mas a sentença foi cancelada e eles passarão por novo julgamento.

A decisão de liberá-los responde a uma petição do advogado dos irmãos, Farid al Dib, já que o tempo da prisão preventiva de ambos já havia se esgotado.

Fontes judiciais informaram que o tribunal exigiu como condição para a soltura que eles estejam localizáveis para a Justiça a qualquer hora.

Recentemente, a Justiça egípcia informou que Hosni Mubarak e seus filhos tiveram suas sentenças canceladas no caso de desvio de dinheiro público que e passariam por novo julgamento.

Hosni Mubarak poderia ser liberado, já que não tem mais condenações, mas não se sabe se isso acontecerá.

Por ora, o ex-ditador está internado num hospital militar já que, aos 86 anos, tem a saúde debilitada.

Em novembro de 2014, um tribunal já havia absolvido pela morte de manifestantes em 2011, depois de anular sentença que o condenava à prisão perpétua.

Após 30 anos no poder, Mubarak renunciou ao cargo em 2011, quando o país era tomado por protestos que exigiam sua saída, em meio à Primavera Árabe. 

Internacional