Termina a primeira votação para eleger o novo presidente italiano

By | 30/01/2015
Parlamento italiano (Foto: Agência EFE)

O parlamento italiano concluiu às 17h40 desta quinta-feira (hora local, 14h40 de Brasília) a primeira votação para escolher o novo presidente da República em substituição de Giorgio Napolitano, que renunciou ao cargo no último dia 14 de janeiro.

A votação durou cerca de duas horas e, em seguida, começou a apuração dos votos. Na votação participou um total de 1.009 "grandes eleitores", entre deputados, senadores, representantes das regiões e senadores vitalícios.

Segundo estabelece a Constituição italiana, de 1947, para a eleição do chefe de Estado são necessários dois terços dos votos durante as três primeiras votações, que são 673, enquanto na quarta bastará a maioria absoluta, ou seja, 505.

Perante a probabilidade que não conte com apoios suficientes, o Partido Democrático (PD), legenda liderada pelo primeiro-ministro Matteo Renzi, confia que seu candidato, o jurista e várias vezes ministro Sergio Mattarella, de 73 anos, seja eleito na quarta votação, prevista para sábado de manhã.

Revista Época Negócios