Ressaca atinge litoral cearense

By | 21/02/2015

O litoral cearense passa por mais uma ressaca marítima. Conforme explica a Capitania dos Portos do Ceará, por meio de nota, o fenômeno desta vez atinge a área oceânica entre a Baía do Oiapoque, no Amapá e Fortaleza e deve perdurar até a meia-noite da próxima segunda-feira, dia 23 de fevereiro

A estimativa de altura média das ondas durante esse período é de 2,5 metros de altura. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) indicou, contudo, a presença de oscilações de até 3,3 metros de altura, às 17h57 desta sexta-feira.

Em virtude das contravenções da maré, a Capitania dos Portos recomenda que as embarcações de pequeno porte evitem navegar durante estes dias e que os demais veículos náuticos redobrem a atenção quanto aos materiais de salvamento, condições de estruturas da embarcação, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Curiosidade

Na Avenida Beira-Mar, várias pessoas, entre turistas e conterrâneos pararam ao longo da orla para apreciar o fenômeno natural, aproveitando para registrar o momento em fotos e vídeos. O pico aconteceu no fim da tarde, entre as 16h30 e as 18h, quando as grandes ondas batiam fortemente nas pedras. Aqueles  que faziam o trajeto caminhando pela calçada na borda da praia eram constantemente acometidos pelas fortes rajadas de água  sobre o corpo.

O mar bravio por vezes avançava até a pista já engarrafada no início da noite. Alguns pontos da via chegaram a ficar alagados, o que dificultou ainda mais o acesso dos veículos e o trânsito de pedestres. 

Ultima Hora