Prefeitura de Paris vai processar a Fox News

By | 20/01/2015

A Prefeitura de Paris vai processar a rede americana de TV Fox News por "difamação" e prejuízos à imagem da capital francesa durante a cobertura do atentado à sede do jornal satírico "Charlie Hebdo", que deixou 12 pessoas mortas no dia 7 deste mês.

A decisão foi anunciada no Twitter pela jornalista Christiane Amanpour, da CNN, rede rival da Fox, após Amanpour entrevistar a prefeita de Paris, a socialista Anne Hidalgo, em conversa que deve ir ao ar nesta terça (20) à noite. A prefeitura confirmou a informação.

Três dias depois do atentado, Nolan Peterson, da Fox, comparou a capital francesa às piores zonas de guerra e exibiu um mapa de regiões da cidade "vetadas para não muçulmanos", onde as pessoas "usam camisetas com Osama bin Laden estampado".

Peterson estimou ainda que 16% dos franceses apoiem o Estado Islâmico.

Cinco dias depois, em carta aberta, o comentarista pediu desculpas e disse não ter nada a ver com o mapa exibido -que apontava como "proibidas" regiões de Paris com grande afluxo de turistas, como Montmartre.

"A prefeita não quer atacar a linha editorial da Fox News, mas sim a divulgação de informações falsas que prejudicam Paris e os parisienses", disse uma fonte da prefeitura, que não quis se identificar, ao site Huffington Post.

Não foi divulgado se a cidade entrará com processo contra a Fox na França, nos EUA ou em ambos os países.

Ultima Hora