Petrobras poderá não pagar dividendos aos acionistas em 2014

By | 30/01/2015
Almir Barbassa, diretor financeiro e de relações com investidores da Petrobras (Foto: Antonio Cruz/ABr)

A Petrobras poderá não pagar dividendos aos acionistas, sejam eles detentores de ações ordinárias ou preferenciais, caso a companhia não tenha lucro em 2014. A análise foi feita nesta quinta-feira (29/01) pelo diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, Almir Barbassa.

Caso tenha lucro, a companhia pode declarar ou não dividendos, mas ainda assim não fazer o pagamento de imediato, alegando um ambiente de estresse financeiro. "Posso ter lucro e não declarar dividendos. Nesse caso, teremos que constituir uma reserva especial e obter a aprovação do conselho de administração e da assembleia geral ordinária", disse Barbassa.

Mais cedo, o executivo havia indicado que o pagamento de tal dividendo poderia ocorrer futuramente. Barbassa reforçou que a possibilidade de não pagamento de dividendos de 2014 vai depender das "soluções que encontrarmos e da liquidez da companhia". Segundo ele, essa é uma possibilidade que "flutua no tempo". "A possibilidade se liga ao estresse que a empresa pode ou não ter no futuro", completou.

 

Revista Época Negócios