Nordeste tem crescimento de 1,70% de inadimplentes em dezembro

By | 20/01/2015

A região Nordeste registrou alta de 1,70% de inadimplentes no mês de dezembro de 2014, crescimento inferior à média do País, de 3,45%, em comparação ao mesmo mês de 2013. 

Já as regiões Sudeste e Centro-Oeste apresentaram os maiores crescimentos na quantidade de pessoas com dívidas em atraso no Brasil, com aumentos de 5,41% e de 5,03%, respectivamente. Norte e Sul registraram altas de 3,66% e 3,58%. 

O levantamento é do Indicador Regional de Inadimplência do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

A região Sudeste foi a que teve a maior participação no número total de pessoas inadimplentes, com 40,35%, seguida pelo Nordeste, registrando 26,04%, Sul com 12,92%, Norte com 8,89% e Centro-Oeste registrando 7,78%.

Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, não houve mudanças significativas no ranking de participação de pessoas inadimplentes em relação ao que foi observado no mês anterior.

Comunicação lidera dívidas 

O segmento de Comunicação (telefonia, internet, TV a cabo, entre outros serviços) lidera o crescimento no número de dívidas no Brasil, registrando em dezembro 16,11% na média nacional, em relação ao mesmo mês no ano anterior. No Norte, a alta deste segmento foi de 37,18%. 

Em segundo lugar aparece o setor de Água e Luz, com alta de 7,73%. Para Marcela Kawauti, outro setor que merece destaque é o Comércio, que em dezembro registrou queda no número de dívidas de 1,01% no País. No Nordeste, a baixa foi de 4,56%. 

O setor de Bancos é o que apresenta maior participação no total das dívidas, concentrando 46,39%.

Negócios