Ministro defende os ajustes nos benefícios trabalhistas

By | 29/01/2015
O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou nesta quinta-feira que os ajustes em benefícios trabalhistas apresentados no fim do ano passado são do tamanho correto e serão defendidos pelo governo.
 
"Nós propusemos as medidas do tamanho que achamos correto, e vamos defender essas medidas no Congresso, na mídia, centrais sindicais", disse Barbosa, após ser questionado por jornalistas se havia margem para flexibilizar as medidas anunciadas no fim de dezembro.
 
Mudanças nas regras de concessão do seguro-desemprego, entre outras medidas, têm gerado reclamações das centrais sindicais.
 
O governo federal espera uma economia de cerca de R$ 18 bilhões por ano a partir de 2015 com os ajustes nas regras de acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários.

Negócios