Marcelo Falcão nega parternidade nas redes sociais

By | 30/05/2015
O vocalista Marcelo Falcão, da banda O Rappa, resolveu usar as redes sociais para comentar o processo de investigação de paternidade que está envolvido. Para ele, a comerciante Thiene Silveira, que alega o músico é pai da sua filha de 16 anos, é uma oportunista. Thiene pede que Falcão reconheça a paternidade da garota e também uma pensão alimentícia a qual a adolescente teria direito.
 
"Boa tarde família O Rappa! Recado para quem insiste em me querer mal! Nunca fugi dos meus compromissos com a Justiça. O que Deus e a Justiça falarem, está falado", escreveu o cantor no Twitter."Aparecer 17 anos depois querendo me difamar, só tenho uma coisa para dizer: oportunistas. O que me guarda é a lei de Deus e o que for para ser. Eu sou honra. Obrigado cada um pelo respeito e carinho por mim e pela minha família. Espero mais uma vez que se cumpra a lei, pois sempre honrei meu nome e o que falo", completou.
 
O cantor e Thiene teriam se conhecido em 1998, em Salvador. O processo foi instaurado em 2008 e, em abril de 2014, foi pedido um exame de DNA, ao qual o cantor não compareceu. O caso está registrado e corre em segredo de Justiça, na 18ª Vara de Família do Rio de Janeiro.  
 
Em 2004, Falcão enfrentou situação semelhante. O cantor foi casado por 5 anos com a francesa Lauriane Cindy, e quando se separaram, ela entrou na Justiça pedindo R$ 7,7 mil de pensão.  Ela tinha um filho, registrado como se fosse de Falcão, mas foi comprovado por um exame de DNA que Kayon não era dele.

Ultima Hora