Maracatus arrebatam público na Avenida Domingos Olímpio

By | 16/02/2015

Podem dizer que já se tornou um chavão, mas os maracatus realmente levantam a plateia quando desfilam seus enredos na Avenida Domingos Olímpio. Entoando cânticos de exaltação, louvor e lamento, com a ritmada e dolente batida dos triângulos e percussão, eles tocaram, neste domingo, 15, o mais fundo da emoção dos espectadores e levaram o que há de mais genuíno na cultura popular do Ceará e do País.

"Eu adoro os maracatus", disse dona Luiza, 85 anos. "Mas gostava muito mais dos desfiles dos maracatus da minha época", completou a idosa. Ela se encontrava próximo à arquibancada montada na área do 5º BPM. E na avenida apresentava seu enredo o tradicional e festejado maracatu Vozes da África.

Na passarela da Domingos Olímpio, 14 maracatus desfilaram, e os aplausos do público era o termômetro que media a satisfação dos espectadores a cada passagem de um deles. Vozes da África, Nação Iracema, Rei de Paus, Az de Ouro e o Solar 2015 foram muito bem recebidos pela galera que coloriu as arquibancadas.

Maracatu Rei do Congo abriu o primeiro dia de desfile na avenida

Seiscentos brincantes distribuídos em oito alas, o maracatu Rei do Congo, baseado no bairro José Bonifácio, foi quem deu, neste domingo, a largada do desfile de carnaval na Avenida Domingos Olímpio. E a seguir vieram Nação Axé de Oxossi, Kizomba, Nação Palmares, Nação Pici, Nação Fortaleza, Vozes da África, Nação Iracema, Rei de Paus, Solar 2015, Az de Ouros, Nação Baobab, Filhos de Iemanjá e, finalmente, o Rei Zumbi, neste momento com as arquibancadas praticamente vazias.   

 
     

Ultima Hora