Luís Figo anuncia candidatura à presidência da Fifa

By | 28/01/2015

O ex-jogador português Luís Figo, 42, anunciou nesta quarta-feira (28) sua candidatura à presidência da Fifa nas eleições marcadas para maio.
A decisão foi divulgada em entrevista à rede americana CNN e, depois, por sua conta no twitter. "Eu estou preocupado com a imagem da Fifa e acho que é o momento para mudanças. Devo ao futebol o que sou e acho que chegou a hora de retribuir", afirmou, entre outras coisas.
Com sua candidatura, agora são cinco nomes anunciados contra a reeleição de Joseph Blatter no comando da entidade: Figo, o ex-jogador francês David Ginola, o ex-secretário da Fifa Jerome Champagne, o presidente da federação holandesa, Michael Van Praag, e o vice-presidente da Confederação Asiática de Futebol, o príncipe Ali Hussein, da Jordânia.
O prazo para inscrição dos candidatos termina nesta quinta-feira (29). Para tanto, cada candidato precisa apresentar o apoio de pelo menos cinco associações de futebol filiadas à Fifa. À CNN, Figo garantiu ter esse respaldo. Quem não conseguir esse apoio não poderá se candidatar.
O lançamento de várias candidaturas é visto como uma estratégia para tentar enfraquecer as alianças de Blatter, que busca um quinto mandato à frente da Fifa. O suíço vinha sendo pressionado por cartolas europeus desde o ano passado, inclusive durante a Copa do Mundo no Brasil, a não disputar a reeleição, mas decidiu concorrer novamente.
Com passagens por Barcelona e Real Madrid, Figo jogou duas Copas do Mundo, em 2002 e 2006, e foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa em 2001.

Ultima Hora