Horário de verão não será prorrogado

By | 12/02/2015

Brasília. Contrariando sua própria sugestão, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou ontem (11) que o governo desistiu de prorrogar o horário de verão por mais um mês. Ele explicou que os cálculos mostraram que a medida não valeria a pena. O horário de verão terminará, portanto, em 22 de fevereiro.

"As conclusões, após avaliação técnica, mostraram que a medida não valeria a pena porque parte do País ficaria mais escura no período do manhã, o que aumentaria o consumo nesse horário. Além disso, a extensão do horário de verão demandaria ajustes na aviação civil", disse Braga, após reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.

Na reunião, foram apresentadas análises sobre as previsões hidrológicas e do nível dos reservatórios que, segundo ele, têm indicadores positivos, mas não conclusivos, para março. Por isso, uma nova reunião foi marcada para o fim de fevereiro.

Negócios