Homem quase bebe vinho roubado de R$ 78 mil por “não fazer ideia” do preço

By | 26/01/2015
Loja Harrods, na Knightsbridge (Foto: Getty Images)

Um ladrão que roubou uma rara garrafa de vinho, no valor de 20 mil libras (R$ 78 mil), afirmou à Justiça britânica que "não tinha ideia" do valor da bebida. Boris Chaudemanche foi pego saindo da loja de departamento Harrods, em Knightsbridge, em Londes, segurando um prestigiado Romanée-Conti. 

O episódio ocorreu em dezembro do ano passado e está sendo julgado agora. Chaudemanche disse em audiência que não tinha "nenhuma ideia" de que a garrafa valia tanto, que ele só queria beber sozinho e não iria vendê-la.

Segundo informações do jornal Telegraph, no dia do roubo, Chaudemanche entrou na Harrods com um rolo de papel alumínio com a intenção de esconder itens roubados.

"Ele achou que a garrafa valia de 45 a 70 libras. Quando os policiais disseram quanto custava o vinho, ele apenas reagiu com um: 'O quê?'", diz o promotor Stuart Stevens.  O ladrão, de 34 anos, tem antecedentes por infrações de trânsito, mas não por roubo. Ele admitiu beber uma garrafa de whisky a cada dois dias.

Chaudemanche receberia sua sentença nesta segunda-feira (26/01), mas a audiência foi adiada para fevereiro, para que os investigadores avaliem se ele tem problemas com álcool.

Revista Época Negócios