Grupo de 43 corintianos que espancou 4 são-paulinos é liberado da delegacia

By | 08/02/2015

Os 43 corintianos detidos depois de espancarem 4 torcedores são-paulinos na estação Carrão do metrô, na zona leste da Capital, foram liberados na madrugada deste domingo (8).

Segundo o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, 3 torcedores identificados em vídeo depredando o vagão do trem foram autuados em flagrante por danos ao patrimônio público e pagaram fiança. Os outros foram indiciados por incitação ao crime e depois liberados.

Os torcedores foram presos na Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), na estação Palmeiras-Barra Funda, depois de espancarem os torcedores são-paulinos e depredarem o vagão do trem na tarde deste sábado (7).

Relato de membros da segurança do metrô informou que os corintianos esperavam o trem sentido Corinthians-Itaquera quando viram 4 são-paulinos em uma composição que ia em sentido contrário, por volta das 18h.

Os corintianos, que voltavam do Parque São Jorge, onde ocorreu a eleição presidencial no Corinthians durante todo o sábado, entraram neste vagão e espancaram os são-paulinos que se dirigiam ao Pacaembu, onde seu time enfrentou o XV de Piracicaba na noite de sábado.

Os corintianos conseguiram fugir entrando no trem sentido Itaquera, mas 43 foram detidos quando chegaram à estação final. "Eles espancaram os são-paulinos e fugiram. Não se sabe o que aconteceu com os agredidos porque não pediram socorro e foram embora", disse Gonçalves Costa, supervisor de segurança do metrô de São Paulo.

Ultima Hora