G5 e Alemanha avançam em direção a um acordo final com o Irã

By | 31/05/2015

O novo entendimento sobre um restabelecimento rápido das sanções da ONU entre as seis potências – Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Rússia e China – aproxima-as de um possível acordo com o Irã, embora outros obstáculos permanecem, incluindo a garantia de acesso das Nações Unidas às instalações militares iranianas. 

O Irã precisa romper os termos de um futuro acordo nuclear, removendo um grande obstáculo para um acordo antes do prazo, no dia 30 de junho.

As seis potências e o Irã fecharam um acordo provisório em 2 de abril, em um primeiro passo antes de acordo final com o objetivo de bloquear o desenvolvimento pelo Irã de uma bomba nuclear em troca da retirada das sanções. Mas o momento de retirada das sanções, o acesso e a verificação da conformidade do acordo e um mecanismo para restaurar as sanções caso Irã não cumpra os compromissos foram alguns dos temas mais difíceis deixadas para novas negociações.

Como parte do novo acordo sobre o restabelecimento rápido das sanções, suspeitas de violações do Irã seriam levadas a um painel de resolução de disputas, provavelmente incluindo as seis potências e o Irã, que poderiam avaliar as alegações e chegar a um parecer não-vinculativo, disseram as autoridades.

"Nós seis, inclusive russos e chineses, temos praticamente um acordo sólido sobre o mecanismo para restabelecer as sanções", disse uma autoridade ocidental. "Mas agora os iranianos precisam concordar."

Ultima Hora