Fortaleza fica no 0x0 com o Quixadá no PV

By | 29/01/2015

O Fortaleza não conseguiu furar o bloqueio imposto pelo Quixadá e ficou no empate em 0x0 contra a equipe do Sertão Central, na noite desta quarta-feira (28), no estádio Presidente Vargas, pela 5ª rodada do Campeonato Cearense. Com o resultado, o Leão completa 3 partidas sem vencer e segue na 3ª colocação no grupo A1 da competição, com 6 pontos.

Tricolor abusa de perder gols na primeira etapa

O Fortaleza começou a partida disposto a resolver o jogo logo na 1ª etapa. Com um bom toque de bola, o Leão encurralou o time do Quixadá, que não conseguia partir para o campo ofensivo com a posse de bola.

Apesar do domínio dos donos da casa, a primeira chance real só saiu aos 10 minutos. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro Bruno Limoeiro, do Quixinha, falhou e Cássio tentou encobrir o goleiro Rafael. A bola foi alta demais e saiu pela linha de fundo. Dois minutos depois, o gol mais perdido do 1º tempo. Vinícius Hess cruzou para a área e, depois de um bate rebate, a bola sobrou para Everton que, sozinho e com as traves abertas, desperdiçou a chance de abrir o marcador. Aos 17, foi a vez de Maranhão perder ótima oportunidade, após receber bom passe de Everton e mandar pra fora. 

Aos poucos, o Quixadá passou a se arriscar mais no campo de ataque e quase abriu o placar aos 21, com Netinho, que ganhou dos defensores adversários, mas bateu por cima da meta defendida por Deola. Aos 24, foi a vez de Edson Cariús receber na área, mas a zaga leonina travou o lance no momento do arremate.

O Fortaleza ainda perdeu uma boa chance aos 38, novamente com Maranhão batendo pra fora, ao receber passe açucarado de Vinícius Hess. Fim de primeira etapa com 0x0 no placar a vaia da torcida presente no estádio.

Tricolor sufoca, mas não consegue gol da vitória

Na segunda etapa, o Fortaleza partiu para o abafa, na tentativa de sufocar o Quixadá. Em contrapartida,  a equipe comandada pelo técnico Raimundinho se fechou atrás e seguiu dando trabalho para o Leão e levando perigo nos contra-ataques. Aos 7 minutos, em contragolpe rápido, Elves cruzou da esquerda e Edson Cariús dividiu com o goleiro Deola. A bola passou, mas o zagueiro Lima salvou o Leão.

Um minuto depois, Everton desceu pela esquerda e bateu cruzado, mas rafael se esticou todo e segurou firme. O troco do Quixadá veio aos 12, com Netinho, que entrou livre na área, mas Deola mandou a bola para escanteio. 

O jogo seguiu com o Fortaleza pressionando e o Quixadá segurando a blitz leonina com o ferrolho armado pelo seu treinador. O jogo só voltou a ganhar em emoção aos 37 minutos, quando o Tricolor desperdiçou duas chances reais de gol. Na primeira delas, Pio bateu forte da intermediária e o goleiro Rafael praticou boa defesa. Um minuto depois foi a vez de Genilson cabecear à queima-roupa, para o arqueiro do Quixinha operar um verdadeiro milagre. A última chance do Leão veio aos 43, quando Maranhão recebeu de frente pro gol, mas isolou a bola pela linha de fundo.

Perdido na partida e atacando de forma desesperada, por pouco o Fortaleza não foi castigado no finzinho do jogo. Wellington Ceará cruzou da direita e Edson Cariús, por pouco, não chegou para empurrar para as redes, no último lance de perigo da partida.

Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta a equipe do São Benedito, às 16h do sábado, no Junco, em Sobral. Já o Quixadá tem folga na tabela e só volta a campo no dia 4 de fevereiro, para encarar o Horizonte, às 20h20, no Domingão.

Ultima Hora