Escola ridicularizada por confundir tablet com notebook em propaganda repete troca

By | 23/01/2015
Diretora-geral do SIEC entrou na brincadeira (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma escola de Bocaiúva, no interior de Minas Gerais, ganhou destaque na timeline de milhares de usuários das redes sociais nesta semana. A Siec – Sistema Educacional virou piada ao divulgar uma campanha publicitária em que estudantes seguram notebooks da Apple como se fossem iPads. Após a repercussão, a instituição se desculpou nesta sexta-feira (23/01) e decidiu entrar na brincadeira.

"Pedimos desculpas aos nossos alunos, colaboradores, parceiros e demais envolvidos pelo erro grosseiro que cometemos ao veicular imagens de um MacBook Pro se fazendo passar por um iPad. Entendemos a consternação de todos", diz o texto. "Apesar do grosseiro erro publicitário cometido, gostaríamos de ressaltar que a falha foi fruto da falta de cuidado da nossa equipe de publicidade."

A escola afirmou que, para preservar a imagem dos alunos que participaram da campanha, decidiram excluir as publicações. "Aos nossos alunos, um agradecimento especial, pois mantiveram um comportamento exemplar nesse último dia de muitas notícias – e tensão – Brasil afora", continou a nota. "Somos uma instituição séria, comprometida com a educação e a formação dos nossos alunos, reconhecida pelos seus colaboradores como uma ótima empresa para se trabalhar."

A instituição, no entanto, não perdeu o bom humor. "Desculpas feitas, gostaríamos agora de parabenizar os mesmos alunos, colaboradores, parceiros, publicitários, fotógrafos, designers e demais envolvidos pelos 'memes' super engraçados, pelas piadas, pela criatividade e pelo bom humor – mesmo que alguns poucos tenham passado dos limites." Em solidariedade aos alunos envolvidos na campanha, a diretora geral do SIEC, Bê Calixto,também entrou na brincadeira e posou com um MacBook.

Revista Época Negócios