Encontradas 69 das 162 pessoas que estavam a bordo do avião da AirAsia

By | 24/01/2015
Sobe para 7 o número de corpos recuperados após acidente com voo da AirAsia (Foto: Agência EFE)

As equipes de resgate na Indonésia recuperaram até agora os corpos de 69 das 162 pessoas que viajavam a bordo do avião da companhia aérea AirAsia que caiu no mar de Java em 28 de dezembro, informaram fontes oficiais. Os analistas acreditam que a maior parte dos corpos restantes se encontram presos na fuselagem do Airbus 320-200. 

As tentativas realizadas hoje para levar à superfície este fragmento da aeronave foram um fracasso, segundo o jornal local "Jakarta Post". Fontes da Agência Nacional de Busca e Resgate (Basarnas) da Indonésia indicaram que voltarão a tentar com mais balões de ar.

Segundo os meios de comunicação indonésios, a cabine do avião, onde acredita-se que se encontram o piloto e o copiloto, estaria a cerca de 500 metros da fuselagem, a uma profundidade de 30 metros no mar de Java.

Avião da AirAsia subiu em velocidade alta demais antes de cair

As autoridades indonésias devem apresentar em 28 de janeiro o relatório preliminar do estudo das duas caixas-pretas do aparelho.

As operações de identificação de corpos foram realizadas na cidade de Surabaia, na ilha de Java, de onde decolou o voo QZ8501 com destino a Cingapura na madrugada de 28 de dezembro de 2014, e que caiu no meio caminho.

O Airbus 320-200 transportava três sul-coreanos, um britânico, um francês, um malaio, um cidadão de Cingapura e 155 indonésios, entre passageiros e uma tripulação de sete pessoas.

O piloto solicitou à torre de controle na Indonésia permissão para ganhar altitude por causa de uma tempestade em seu rumo minutos antes que de perder a comunicação.

Revista Época Negócios