Empresário compra “Santíssima Trindade” dos carros de luxo por R$ 11 milhões

By | 28/01/2015
Paul Bailey dirige seu Porsche branco e a esposa, Selena, a Ferrari vermelha (Foto: Grosby Group)

Não é qualquer garagem. O empresário Paul Bailey guarda desde sábado na sua um McLaren P1 de R$ 3,3 milhões, acompanhado por sua Ferrari LaFerrari de R$ 4,6 milhões, ao lado de um Porsche 918 Spyder de R$ 3 milhões. Ele é o primeiro no mundo a ter "Santíssima Trindade" dos hipercarros de luxo — juntos, eles custam R$ 11,1 milhões.

O multimilionário já possuia o McLaren e, em apenas um dia, no último sábado, foi buscar nas concessionárias o Porsche e a Ferrari que faltavam para sua coleção. Bailey, que vendeu sua empresa de telecomunicações por 28 milhões de libras (cerca de R$ 109 milhões) em 2012, descreveu o desempenho da nova frota como "totalmente incrível".

As três máquinas, que só tinham sido vistas juntas anteriormente em revistas automotivas, são capazes de ir de 0 a 100 km/h em menos de três segundos. Elas são parte de uma nova geração de carros com motores de ultra-desempenho, que utilizam tecnologia híbrida para economizar combustível.

"Estava esperando, na verdade, há cerca de dois anos pela LaFerrari", disse em entrevista ao Telegraph. "Imagens eram liberadas e eu mal podia esperar pela data de entrega. Ofereceram para mim um dos primeiros cinco carros do Reino Unido, mas não tinha o nível de personalização de que eu precisava. Este modelo é o primeiro com a personalização completa, valeu a pena esperar."

Bailey diz viver de forma "muito surreal" e ser o primeiro a possuir todos os três carros é até difícil de acreditar, segundo ele. "É por isso que eu quero usar e compartilhá-los com outros entusiastas." Ele oferecerá passeios nos carros para um grupo seleto do clube Supercar Driver, do qual é membro. Segundo o empresário, ainda é muito cedo para dizer qual é o melhor, ele primeiro precisa dirigi-los na pista de corrida.

Como se tratavam de edições limitadas, os três hipercarros já estão esgotados, mas as entregas para os compradores continuam em todo o mundo. O McLaren é o mais raro, apenas 375 unidades construídas — a Ferrari fabricou 499 LaFerrari e a Porsche vendeu todas as suas 918 unidades do 918.

Paul Bailey e a esposa, Selena (Foto: Grosby Group)

 

 

Revista Época Negócios