Egídio Serpa

By | 26/01/2015

Algodão: milagre no Ceará

Faz milagre a irrigação – mesmo em ano de chuvas abaixo da média, como foi 2014. Nesta semana, será iniciada a colheita de uma safra de algodão plantada em área de 50 hectares no Perímetro Tabuleiros de Russas. Quem plantou foi uma multinacional – uma das as maiores do mundo – que utilizou semente transgênica desenvolvida por ela . Agora, a novidade: a produtividade alcançada nessa área foi de seis toneladas por hectare (na região de sequeiro, aqui no Ceará, essa produtividade não passa de 1,5 tonelada). A pluma do algodão a ser colhido será transformada em fio; mas o caroço – isto é, a semente transgênica – já foi encomendado pelos clientes da multinacional que deverá ampliar sua área de plantio, desde que, não falte a água para a irrigação por gotejamento.

Azul vê a TAP

Há otimismo no governo português pelo interesse da Azul Linhas Aéreas (foto) de comprar a TAP. É que isso garantirá o Hub da TAP em Lisboa, de onde partem 11 voos diários para o Brasil.

No ar

Erivaldo Arrais e José Carlos Pontes, sócios em partes iguais do Grupo Marquise, dividiram meio a meio a compra de um avião Challenger 300, o terceiro a ser baseado aqui. Chegará nas próximas semanas. O empresário Beto Studart, presidente da Fiec, tem um.

Dessalinizar

Empresas israelensesque dominam a tecnologia da dessalinização da água do mar virão aqui para oferecer seus produtos e serviços ao governo do Ceará. E as da Espanha – incluídas entre as melhores do mundo – virão também com igual objetivo.

Água: tudo contra a crise

Para evitar que aconteça em Fortaleza o vexame da falta d’água que castiga São Paulo – a maior cidade do País e da América Latina – o governo do Ceará adota, embora tardiamente, as primeiras providências. No Palácio da Abolição já se fala na possibilidade de racionamento de água na Região Metropolitana, sinal de que o governador Camilo Santana não tem medo de adotar medidas duras para enfrentar a crise que vem aí. Fazer na capital um inédito rodízio para o abastecimento de residências, hospitais e indústrias é uma hipótese; proibir o uso de água para lavar calçadas e autos é outra; reduzir em 30% a oferta de água à irrigação é mais uma, igualmente.

Na Chapada

Fernando Cirino não dá detalhes sobre o seu projeto de implantar, na Chapada do Apodi, um projeto de geração de energia eólica e de produção de frutas. Apenas confirma que trabalha nesse sentido,´ para o que se aconselha com especialistas em energia e em agricultura irrigada.

Bom

Conselhos

"Gracián e o Mundo Empresarial" – livro de Luiz Roberto Antonik – chegou com os ensinamentos do padre jesuíta espanhol Baltasar Gracián, como este: o melhor remédio para o mal é esquecê-lo.

Ruim

Um temor

Entre hoteleiros de Fortaleza, há o temor de que o Centro de Eventos do Ceará se transforme em um elefante branco. Alguns deles perguntaram a esta coluna: qual a pauta do CEV para 2015?

Livre Mercado

Avança o turismo em Pernambuco. A rede Accord – uma das três maiores do mundo – celebrou contrato com a rede Pontes, dona de três unidades em Recife e em Porto de Galinhas – "point" turístico pernambucano. A propósito: o vice-presidente da Accord no Brasil é o cearense Ricardo Pompeu.

Já é hora de o Governo da União estudar a viabilidade de integração das bacias hidrográficas da Amazônia – a do Tocantins, preferencialmente – com as do Nordeste. O futuro dos recursos hídricos nordestinos é incerto, e a opção conhecida e aparentemente mais viável são os grandes rios amazônidas.

Negócios