Voo Fortaleza-Lisboa poderá dobrar de frequência em 2017

By | 23/01/2016

A partir de 2017, a TAP poderá dobrar a frequência do voo que liga Fortaleza a Lisboa, capital de Portugal. A informação é do Governo do Estado do Ceará, que negocia o aumento da operação da companhia aérea. O tema foi debatido ontem, em reunião realizada no Palácio da Abolição, entre o governador Camilo Santana e o presidente do Conselho de Administração da TAP, Humberto Pedrosa. No encontro, elevaram-se as chances de que a nova periodicidade do voo se torne concreta.

> Governo aplicará  US$ 20 mi em promoção

"O entendimento é para que tenhamos dois voos diários Fortaleza-Lisboa a partir do ano que vem – e não um, como atualmente. O Governo considera que as negociações avançaram", disse a Casa Civil do Executivo estadual, em nota enviada por sua assessoria de imprensa.

Ao sair do encontro com o governador, Humberto Pedrosa destacou as chances de que a frequência seja ampliada. "Hoje, a ocupação dos aviões entre Fortaleza e Lisboa é muito boa. E é muito possível que possa aumentar. Desde que se aumentem os clientes, com certeza haverá aumento da frequência", disse.

Há dois meses como presidente do Conselho de Administração da TAP, Pedrosa diz que ainda está tomando conhecimento da situação da empresa para poder decidir onde serão feitos os aportes que darão mais retornos financeiros à companhia.

"A intenção é aumentar frequências e novos destinos entre Brasil, Europa e Estados Unidos. Estamos fazendo um levantamento da situação e vendo o que é rentável. A empresa, antes disso, também precisa comprar novos aviões, já que a frota está envelhecida", salientou o presidente do Conselho.

Impactos

Na avaliação do presidente do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Darlan Leite, a ampliação da operação da TAP em solo cearense pode impulsionar de forma significativa o turismo europeu no Estado. "Os portugueses foram entre 2006 e 2008 muito bons para o turismo e também por conta dos investimentos que eles fizeram no Ceará (em hotelaria e na construção civil). A TAP é um portão de entrada para a Europa e traz muitos portugueses, mas também muitos russos. Muitos do Leste europeu também vem pela TAP. Isso dá um aquecimento para o turismo", defende.

Hub da TAM

O presidente da ABIH-CE avalia, inclusive, que a possível ampliação da frequência pela TAP e os recentes novos voos divulgados pelas companhias aéreas para interligar Fortaleza a outras cidades do Brasil e do exterior reforçam a atração do hub da TAM (centro de conexões) para a capital cearense, já que aumentam a capacidade do fluxo de turistas no município. A TAM avalia se fará o investimento em Fortaleza, Natal ou Recife.

Novas operações

A Azul Linhas Aéreas anunciou na última quarta-feira que irá operar novos voos sem escalas entre Fortaleza e São Paulo a partir da segunda quinzena de março. A empresa irá estrear o primeiro voo com saída do Aeroporto de Guarulhos, após autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), e ampliará para duas as frequências semanais com partida de Campinas. As duas novas rotas irão funcionar aos sábados.

A Avianca também anunciou no último dia 14 um novo voo que interliga o Aeroporto Internacional Pinto Martins ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, que entrará em operação a partir do dia 20 de fevereiro. O voo partirá da capital cearense todos os sábados e retornará aos domingos. O novo trecho direto já autorizado pela Anac tem horário de saída em São Paulo às 11h45, chegando em Fortaleza às 14h10. A liberação de voos entre Congonhas e os aeroportos de capitais do Nordeste, após o fim da proibição pela Anac, também despertou o interesse da Gol em operar outra frequência para Fortaleza.

Já no dia 5 deste mês, a TAM anunciou mais um voo entre Fortaleza e Miami, nos EUA. A partir do dia 29 de março, companhia passa a operar a rota entre Fortaleza e a cidade norte-americana com a periodicidade de duas vezes por semana.

Negócios