Venda de imóveis em São Paulo caiu 35,1% em 2014

By | 26/02/2015
São Paulo_cidade_calor_prédios_ (Foto: Thinkstock/Getty Images)

As vendas de imóveis no município de São Paulo chegaram, em 2014, a 21,6 mil unidades35,1% a menos do que no ano anterior. O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (25/02), é do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP).

“A decisão da compra de um imóvel requer investimento de grande valor monetário e contratação de um financiamento de longo prazo. Por isso, as vendas dependem do índice de confiança do consumidor, que em 2014 despencou, em virtude dos inúmeros fatos políticos e econômicos”, segundo nota técnica da entidade.

De acordo com o Secovi, o carnaval, que caiu em março, no ano passado, a Copa do Mundo de Futebol e as eleições presidenciais contribuíram para aumentar a insegurança "e desviar a atenção dos consumidores, que adiaram as decisões de compra".

O Secovi-SP salienta também que "graças a diversos fatores, como o marco regulatório do setor, a abertura de capital de incorporadoras e o Programa Minha Casa, Minha Vida, o mercado imobiliário vem se desenvolvendo. Porém, esses aspectos positivos têm sido anulados pela conjuntura econômica, pelo aumento dos custos de produção e outros fatores”.

De acordo com o levantamento, foram lançados 31,7 mil imóveis residenciais em 2014, na capital paulista – 7% menos que no ano anterior. Como a venda de imóveis caiu mais acentuadamente do que o número de lançamentos, o estoque de imóveis novos aumentou, gerando condição mais favorável para os compradores.

“A alta da oferta traz grande vantagem para os compradores, que encontram bons negócios. Vale ressaltar que mesmo com esse aumento do estoque, os preços dos imóveis não devem cair. A tendência, a longo prazo, é que subam, pois a produção de novas unidades na cidade de São Paulo deve ficar mais cara, em virtude das regras do novo Plano Diretor Estratégico”, ressaltou o Secovi.

Revista Época Negócios