Ucrânia e separatistas concordam em cessar-fogo durante negociação de paz

By | 11/02/2015

A Ucrânia e os separatistas pró-Rússia chegaram nesta terça-feira (10) a um acordo de cessar-fogo enquanto durarem as negociações de paz em Minsk, que ocorrerão nesta quarta-feira (11), com mediação da Rússia e da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (Osce).

O Grupo de Contacto para a paz na Ucrânia, que está reunido na capital da Bielorrússia para preparar a reunião de negociação desta quarta-feira (11), também discute o estatuto das regiões separatistas de Donetsk e Lugansk e a realização de eleições locais nas zonas sob controle dos rebeldes, segundo a agência russa Tass.

Na quarta, vão se reunir em Minsk os presidentes ucraniano, Petro Poroshenko, russo, Vladimir Putin, e francês, François Hollande, além da chanceler alemã, Angela Merkel, numa tentativa de alcançar um acordo de paz permanente para Ucrânia, onde o conflito no Leste do país entre forças de Kiev e os separatistas pró-russos já dura cerca dez meses e matou mais de 5 mil pessoas.

O acordo anunciado pela Tass surge depois de intensos combates, nesta terça-feira, na Ucrânia, incluindo um ataque com mísseis ao quartel-general das Forças Armadas ucranianas no Leste do país, que matou pelo menos 37 pessoas, na véspera da cúpula de paz.

De Washington, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou para Putin. Eles discutiram a escalada da violência no Leste da Ucrânia e o apoio de Moscou aos separatistas. “O presidente Obama chamou a atenção para o crescente número de perdas de vidas humanas nos combates e destacou a importância de o presidente russo aproveitar a oportunidade do diálogo entre Rússia, França, Alemanha e Ucrânia para alcançar uma solução pacífica”, informou a Casa Branca, por meio de comunicado.

Ultima Hora