Temor de ataques faz Bruxelas cancelar fogos no Réveillon

By | 30/12/2015

A Prefeitura de Bruxelas, capital da Bélgica, anunciou nesta quarta-feira (30) que não fará o habitual show com fogos de artifício da virada do ano, devido a temores de ataques extremistas.

O prefeito da cidade, Yvan Mayeur, disse em entrevista à rede francesa RTBF que a decisão foi tomada nesta quarta à noite (no horário de Bruxelas), após consulta a autoridades.

"Fomos forçados a cancelar [o evento], considerando a análise de risco feita pelo nosso centro de crises", declarou Mayeur.

Segundo o prefeito, no Réveillon de 2015, cerca de 100 mil pessoas foram à capital belga para celebrar a passagem de ano. "Nessas circunstâncias, não temos condições de revistar todo mundo", acrescentou.

Quatro dos acusados pelos ataques terroristas de 13 de novembro em Paris, que mataram 130 pessoas, viviam na Bélgica, incluindo o mentor da ação, Abdelhamid Abaaoud, morto numa operação policial no subúrbio parisiense de Saint-Denis dias depois dos atentados.

Nesta semana, as autoridades belgas prenderam duas pessoas acusadas de envolvimento num plano para atacar policiais, soldados e áreas populares de Bruxelas durante as festas de fim de ano.

Internacional