Talento natural foi aperfeiçoado

By | 03/01/2016

As delícias que são preparadas na cozinha industrial da Cookie Mania são assinadas pela sócia do empreendimento, Camila Benevides, 27, que divide o trabalho na loja com as aulas de Medicina. A jovem nunca havia trabalhado, entretanto, o desejo de ter o próprio negócio era antigo e se tornou ainda mais forte nos últimos anos.

>O lado ‘B’ da crise: nova forma de começar 2016

>Viagem inspira casal de namorados

"Queria ter alguma loja, mas não sabia em qual área deveria apostar", relata Camila. E o convite para empreender partiu do namorado, Érico Zanon, 24, numa viagem que os dois fizeram ao Chile no ano de 2014, quando aproveitaram para visitar lojas que comercializavam cookies.

Testes

Como desde os 15 anos Camila sempre fez doces em casa, mas de modo informal e para consumo apenas dos parentes, pensou um pouco e respondeu que iria testar os cookies.

Começou a pesquisar diferentes receitas na internet e adaptá-las a novos produtos. A ideia deu certo. Toda a família e amigos provavam e aprovaram os doces, e Camila foi se aperfeiçoando na técnica.

No início de 2015, fez uma viagem a Nova York, nos Estados Unidos, com foco no negócio. Visitou muitos endereços da cidade especializados em cookies e fez cursos. "Fiquei uma semana visitando e provando tudo", relembra. Na volta, foi mudando tudo até chegar às receitas atuais, todas autorais.

São 11 sabores de cookies disponíveis. E Camila programa produzir mais dois tipos já neste início de ano. Em dezembro, ela lançou a torta "Black and White". Tudo é testado antes na cozinha industrial. Os cafés da loja são uma boa opção para acompanhar os cookies. (CK)

Ultima Hora