Síria mata 132 combatentes do Estado Islâmico, diz grupo

By | 25/02/2015

Ao menos 132 combatentes do Estado Islâmico foram mortos desde sábado em confrontos com uma milícia curda apoiada por ataques aéreos de forças norte-americanas na província de Hasaka, no nordeste da Síria, disse um grupo que monitora o conflito.

As forças curdas YPG que atacaram o Estado Islâmico em Kobani no mês passado, com ajuda das operações de ataque aéreo dos Estados Unidos, tomaram 70 vilarejos na ofensiva, disse o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

O nordeste da Síria é importante estrategicamente no combate contra o Estado Islâmico porque faz fronteira com o território controlado pelo grupo no Iraque.

Internacional