Servidores do Detran declaram estado de greve

By | 30/09/2015

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Ce) declararam, nesta quarta-feira (30), estado de greve, após uma reunião, realizada na terça-feira (29), que esclareceu o andamento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCs). A categoria pressiona o órgão pela implantação do plano, que deve representar um reajuste de 40% nos salários dos profissionais. Caso não haja acordo, a greve começa no dia 15 de outubro. Por enquanto, a assessoria de comunicação do Detran informa que os serviços nas unidades não sofrem alteração. 

De acordo com a assessoria do Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará (Sindetran-CE), os servidores tentam, há 10 anos, a implantação do PCCs. A insituição garante que especialistas foram contratados para realizarem o cálculo correto dos valores. No entanto, as divergências em relação ao plano não foram sanadas durante a última reunião com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag).

Ao todo, 400 servidores reivindicam a implantação do projeto. Por conta disso, o sindicato ainda se planeja para realizar, nesta semana, um ato em frente ao Palácio do Abolição, para chamar a atenção do Governo do Estado. 

Conforme o sindicato, no dia 25 de agosto, o técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), responsável pelo estudo dos cálculos do PCCs da categoria, já havia comparecido ao órgão para devidas correções de valores. Além disso, garante o sindocato, o "PCCS já está no orçamento". 

Ultima Hora