Sanatório Geral pega fogo, mesmo embaixo de chuva

By | 17/02/2015

Nem mesmo a chuva que caiu sobre a Praça da Gentilândia, na tarde desta terça-feira (17), esfriou a animação do Bloco ‘Sanatório Geral’ no último dia de Carnaval. Uma multidão esteve na concentração do bloco cantando as tradicionais marchinhas. O público contava com foliões de todas idades.

Em um carrinho de bebê, Arthur, de 11 meses,  tentava acompanhar os passos da mãe alvoroçando as mãozinhas. Marina Amaro disse que levou o filho para que ele conhecesse desde pequeno a magia do Carnaval. "Nenhuma festa é mehor que essa. As pessoas se libertam deste tabu de parecerem certinhas. Vestem suas fantasias e vão para as ruas ser o que lhes convêm. Sou apaixonada pelos sentimentos que o Carnaval desperta".

Contemplando um jovem vestido de poeta Mário Gomes, o publicitário David Carvalho conta que ficou emocionado com a homenagem ao poeta morto, no último dia 31 de dezembro. "Esse é um jeito muito bonito de de não deixar o Mário ser esquecido; é um jeito de continuar trazendo a poesia dele para a rua. O poeta adorava tudo isso aqui. Ver as expressões populares era o que fazia o Mário feliz. Confesso que estou com inveja do rapaz fantaseado. A ideia foi brilhante". 

Enquanto o hino do Sanatório tocava, Tereza Porto extravasava sua alegria. "Eu tenho que aproveitar cada segundo. A quarta-feira ingrata já está chegando", brincou a secretária. 

Ultima Hora