Nordeste tem alta de 3,09% no número de inadimplentes em 2014

By | 19/02/2015
O Nordeste teve aumento de 3,09% na quantidade de pessoas com dívidas em atraso em 2014, crescimento abaixo da média nacional (3,12%) segundo dados do Indicador Regional de Inadimplência do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O aumento de inadimplentes registrado foi o terceiro maior, dentre os ocorridos nas cinco regiões do Brasil. 
 
De acordo com o indicador, o aumento no número de devedores foi mais expressivo na região Centro-Oeste (4,72%), seguida da região Norte, onde a alta foi de 4,33%. Em seguida aparecem as regiões Nordeste, Sul (3,0%) e Sudeste (1,38%), as únicas que registraram crescimentos abaixo da média do Brasil.
 
Assim como ocorreu nos meses anteriores, o Sudeste, em janeiro, concentrava a maior fatia de devedores no país (39,76%), seguido pela região Nordeste, com participação de 26,23% no total de pessoas com dívidas em atraso. Em terceiro e quarto lugares aparecem o Sul (13,03%) e o Norte (8,95%). Por último, o Centro-Oeste, que concentra 7,90% dos consumidores negativados. 

Negócios