Mulher mata filho de 10 anos para evitar que ele sofresse bullying

By | 18/02/2015

Uma mulher matou o filho de 10 anos para evitar que ele sofresse bullying por causa das orelhas grandes em Ancara, capital da Turquia.

De acordo com o site news.com, Nuray Sacan, de 37 anos, chegou a pagar por uma cirurgia corretiva, mas não ficou satisfeita com o resultado. 

Após deixar o hospital, a turca levou o filho para um banheiro feminino e,  usando o seu lenço, matou o garoto por sufocamento. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que Nuray saía do centro médico com o menino recém-operado. "Ele ficou muito feio. Ele ficaria ainda mais envergonhado diante dos amigos. Eu estava tentando protegê-lo de uma vida de sofrimento", disse a mulher  após confessar o crime. 

O cirurgião-chefe do hospital onde o menino foi operado, Kadri Altok,  disse que a cirurgia foi simples e bem-sucedida. Nuray  Sacan não tem histórico de problemas psicológicos.

Internacional