Motorista que transportava 107 kg de cocaína tem liberdade negada

By | 13/02/2015
Foi negado o pedido de liberdade ao  motorista  paranaense  Joseph Alex Rodrigues, 27, preso em flagrante transportando 107 quilos de cocaína, no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza, no último dia 26 de novembro. 
 

A defesa do suspeito entrou com pedido de  habeas corpus solicitando a liberdade do motorista alegando primariedade, bons antecedentes e ausência de fundamentos para o mantimento em cárcere. O pedido de liberdade foi negado pela 1º Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). 

 

No dia da prisão, o motorista  contou que trouxe de São Paulo uma carga de farinha de trigo que foi descarregada em uma fábrica de massa, na BR-116, em Aquiraz, e que ele estava indo guardar a carreta no galpão, no Eusébio.

 

Em outro depoimento, de acordo com o TJCE, Joseph Alex confessou ter transportado as drogas e informou que foi contratado por um homem na cidade de Salvador (BA). A carreta que trazia a carga é oriunda do Mato Grosso do Sul.

 

Segundo as investigações da Polícia,  a droga foi enviada ao Ceará pela organização criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) e iria abastecer diversos traficantes que atuam em Fortaleza e no Interior. 

 

Cerco e tiroteio

A descoberta da droga aconteceu durante uma abordagem do patrulhamento da  Força Tática de Apoio (FTA) do 15º BPM, composta pelos cabos PMs Amâncio e Eudásio e pelo soldado Estelino, que faziam rondas pelo Anel Viário, no Eusébio. A droga estava sendo transportada em um fundo falso do veículo. 

 

Os policiais desconfiaram ao ver uma carreta entrando em um galpão  com  placa de aluguel. Ao se aproximarem, os policiais foram  recebidos a tiros, três suspeitos fugiram. O motorista do veículo e outras duas pessoas foram presas.  A namorada de Joseph Alex, Ducilene Simão, de 27 anos, natural da cidade de Marialva (PR); e o paulista Felipe Muniz dos Santos, de 32 anos, nascido em Santos (SP). 

Ultima Hora