Ministério Público pede R$4,47 bi em ressarcimentos por desvios na Petrobras

By | 20/02/2015
O Ministério Público Federal ajuizou cinco ações de improbidade administrativa que cobram pagamento de R$ 4,47 bilhões de ressarcimento ao erário pelos desvios de recursos da Petrobras, informou a instituição em nota nesta sexta-feira (20).
 
Os valores incluem R$ 959 milhões como pagamento de multa civil e R$ 3,19 bilhões como indenização por danos morais coletivos.
 
A acusação de enriquecimento ilícito pelos fatos apurados na Operação Lava Jato abrange as empresas Camargo Corrêa, Sanko, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia, Engevix e seus executivos, disse o MPF.

Negócios