Milhares vão às ruas da Grécia para apoiar novo governo em acordo com a UE

By | 15/02/2015
Gregos reúnem-se em Atenas para apoiar novo governo na renegociação da dívida (Foto: Agência EFE)

Milhares de cidadãos gregos voltaram neste domingo (15/02) às ruas de várias cidades do país para dar apoio ao novo governo de Alexis Tsipras nas negociações com os sócios europeus, que serão retomadas amanhã em Bruxelas, na Bélgica.

Os manifestantes se concentraram pela terceira vez em duas semanas nas praças mais emblemáticas da Grécia em um ato convocado através das redes sociais e respaldada por várias entidades. Segundo as autoridades, uma hora após a manifestação ter sido iniciada em Atenas, mais de 10 mil pessoas se reuniram na praça de Syntagma.

+ Ministro de Finanças da Grécia descarta taxativamente saída do euro 

Britânicos apoiam gregos e pedem que autoridades esqueçam a dívida do país (Foto: Agência EFE)

 

Angelos, um aposentado de 67 anos que compareceu ao ato da capital, afirmou à Agência Efe que não compartilha do pessimismo sobre o problema. "Há 99% de possibilidades de se chegar a um acordo, porque a ruptura não interessa a ninguém, nem à Grécia nem ao resto da Europa", afirmou.

"A solidariedade é o carinho entre os povos" ou "Pare Merkel! Inicie uma democracia" eram algumas das frases que podiam ser lidas nos cartazes levados à terceira manifestação de apoio ao governo da coalizão esquerdista Syriza.

+ Grécia sugere que Alemanha pague empréstimo feito na 2ª Guerra 

Para Yannis, de 53 anos, está claro que o acordo depende mais da vontade dos parceiros europeus do que da capacidade do novo Executivo.

"Considero que o resto da Europa deve muito à Grécia, e não a Grécia aos demais. Se não for possível uma remissão da dívida, que eles pelo menos firmem um acordo que permita aplicar políticas sociais e voltar com os salários e as pensões de 2012", afirmou. 

Revista Época Negócios