Mais notícias internacionais: Brasil condena morte de procurador-geral do Egito

By | 30/06/2015

Fraude fiscal

França prende diretores do Uber

A polícia da França pren- deu, ontem, dois diretores do aplicativo Uber no país. O pro- grama permite que motoristas não profissionais encontrem passageiros e os transportem em carros particulares. As atividades da empresa são alvo de uma investigação do gover- no francês, que a acusa de oferecer transporte de passa- geiros sem pagar impostos.

Egito

Brasil condena morte de procurador-geral

O ataque terrorista que matou o procurador-geral do Egito, Hisham Barakat, ontem no Cairo, capital egípcia, foi criticado pelo governo brasileiro. por meio de nota à imprensa, o Itamaraty condenou o atentado e repudiou atos de terrorismo praticados "sob quaisquer motivações".

UNESCO

34 milhões de crianças deixam de ir à escola

Cerca de 34 milhões de crianças e adolescentes não frequentam a escola em países afetados por conflitos, informou, ontem, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), adiantando que são necessários US$ 2,3 milhões (2 milhões de euros) para educação. Os dados integram um novo texto, divulgado ontem do relatório de acompanhamento da iniciativa Educação para Todos (EPT) da Unesco.

Internacional