Lula faz crítica às estratégias de comunicação do governo Dilma

By | 26/02/2015

Em reunião com os senadores do Partido dos Trabalhadores na noite desta quarta-feira (25), o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva falou que o governo de Dilma falta com as explicações sobre as recentes medidas anunciadas de ajuste fiscal na economia. O encontro aconteceu para discutir o engajamento do PT na votação destas medidas no Congresso.

As declarações de Lula foram dadas após uma série de queixas apresentadas pelos presentes em relação ao pacote econômico. Para ele, é necessário que se explique e deixe claro onde as medidas levarão e o porque de elas estarem sendo tomadas. O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), comentou sobre o empenho pedido pelo ex-presidente.

"O que ele quis dizer é que, independentementedo conteúdo dessas medidas, elas precisam ter um objetivo. Falta dizer porque isso está sendo feito. É para conquistar que condição", disse. As críticas dos senadores também chegaram ao estilo centralizador da presidente Dilma Rousseff, além de que vários reclamaram da articulação política do Palácio do Planalto.

Lula também comentou sobre os casos de corrupção que têm envolvido seu partido. Segundo ele, os petistas precisam de força para rebater as denúncias de corrupção que partem dos adversários e Costa relembrou sobre o escândalo do cartel de trens e Metrô, em São Paulo, que atingiu o PSDB.

Dos 12 senadores da bancada do PT no senado, os únicos que não estavam presentes eram Marta Suplicy (SP), que tem relações abaladas com o partido após as recentes críticas à Dilma Rousseff, e Angela Portela (PR), que está doente.

Ultima Hora