Londrino é suspeito de ser novo “Jihadi John” do Estado Islâmico

By | 05/01/2016

Autoridades do Reino Unido que tentam descobrir a identidade do homem que aparece falando inglês com sotaque britânico no novo vídeo do grupo terrorista Estado Islâmico suspeitam que ele possa ser Siddhartha Dhar, um londrino reconhecido no país por advogar o extremismo islâmico.

Segundo duas autoridades próximas à investigação, Dhar é principal suspeito da lista. Ele foi preso em setembro de 2014, acusado de incitar o terrorismo na Grã Bretanha, mas pagou fiança e logo em seguida viajou à Síria, onde se juntou ao Estado Islâmico.

Um vídeo divulgado no domingo mostra um homem mascarado que falava inglês atira em cinco prisioneiros que seriam espiões britânicos. Ele então critica o primeiro-ministro David Cameron por se juntar à coalizão internacional que bombardeia alvos do Estado Islâmico na Síria. Dhar parece ter um papel similar ao de Mohammed Emwazi, o britânico que ficou conhecido como "Jihadi John" ao aparecer em diversos dos primeiros vídeos do grupo extremista, decapitando reféns.

Autoridades britânicas não sabem como, mesmo após ter sido ordenado a deixar seu passaporte com a polícia, Dhar conseguiu viajar com a família para a França, e dali, para a Síria. Desde que entrou para as fileiras do Estado Islâmico, o inglês – que alugava castelos e outros brinquedos infláveis para festas infantis no subúrbio de Londres – tem tido um papel ativo na propaganda do grupo terrorista, incluindo a publicação de um guia online sobre a vida dentro da organização.

Uma vez que centenas de britânicos estão na Síria e no Iraque lutando ao lado de extremistas, investigadores não descartam a possibilidade de que outros possam ser a voz do novo vídeo.

 

Internacional