Laudos de estupro coletivo no Piauí serão apresentados em nove dias

By | 15/06/2015

A Polícia Civil de Teresina deve apresentar na segunda-feira (23) o resultado dos exames de DNA para a investigação do estupro coletivo de quatro garotas em Castelo do Piauí (a 184 km da capital do Estado), no dia 27 de maio. Danielly Feitosa, 16, uma das vítimas, morreu no último domingo (7).

Um homem de 40 anos está preso e outros quatro adolescentes, também entre 15 e 17 anos, foram apreendidos apontados como autores do crime.

Após o estupro, foi colhido material das vítimas e o sêmen dos suspeitos para avaliação no Instituto de Criminalística de Recife.

Além da data para a chegada do exame, também está agendada para o dia 24 uma nova audiência onde serão ouvidas testemunhas e vítimas.

Segundo a delegada do Núcleo de Feminicídio do Piauí, Tânia Miranda, as investigações foram concluídas e os autos de inquérito já se encontram à disposição da Justiça.

Ainda conforme a delegada, os laudos de DNA forense foram feitos com pedidos em urgência.

Os quatro menores de idade foram ouvidos na última terça-feira (9) e encontram-se Centro Educacional de Internação Provisória em Teresina.

Apontado pela polícia como mandante do crime, o desempregado Adão José de Souza, 40, já teve sua denúncia formulada e, de acordo com a delegada, será citado nesta segunda-feira (15) pelo promotor Cesário Oliveira.

O caso

No dia 27 de maio, a adolescente Danielly Feitosa saiu com três amigas para passear nos arredores de Castelo do Piauí. As quatro adolescentes foram amarradas, surradas, estupradas, apedrejadas e depois arremessadas de um penhasco de dez metros de altura.

Danielly foi hospitalizada, resistiu por dez dias, mas morreu domingo (7), de hemorragia interna.

Neste sábado (13), mais de 500 pessoas compareceram à sua missa de sétimo dia. Uma das vítimas ainda está internada, sem risco de morte, e as outras duas garotas já estão em casa.

Como os suspeitos foram ameaçados de linchamento pela população, eles foram transferidos para Teresina.

Ultima Hora