Itens do Carnaval subiram 7,42%

By | 14/02/2015

São Paulo. No Carnaval deste ano, os foliões vão sentir um peso maior no bolso na aquisição dos produtos mais consumidos neste período, sobretudo nos itens de alimentação. De acordo com um levantamento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), os preços dos produtos e serviços mais consumidos no período momino aumentaram, em média, 7,42% entre fevereiro do ano passado e janeiro de 2015. O porcentual, contudo, é menor do que o patamar da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC/FGV) acumulada no período (7,66%).

O item que mais subiu nos últimos 12 meses foi o café da manhã, com alta de 14,9%, seguido por doces e salgados, cujos preços subiram 12,2%. Em seguida, aparece o cafezinho, que registrou um aumento de 12,06%, no seu preço.

Hospedagem

As tarifas de hotéis, por sua vez, aumentaram 11,98%, quarta maior alta no período. Nesta época do ano, a rede hoteleira costuma ficar cheia nos principais destinos turísticos do País.

Já entre as bebidas, refrigerantes teve a maior alta (11,62%), seguido pelos sucos e cervejas e chope, ambos com altas de 10,89%.

Preservativos e lubrificantes subiram 8,99% entre fevereiro de 2014 e janeiro deste ano, enquanto refeições em bares e restaurantes aumentaram 8,95%.

Combustíveis

No período analisado pela FGV, o etanol subiu mais do que a gasolina. Enquanto o preço do litro do etanol apresentou uma variação de 3,64%, o valor do litro da gasolina subiu 2,76%.

Os únicos itens que sofreram deflação no período, segundo o levantamento, foram os protetores para a pele (-1,18%) e passagem aérea (-4,15%).

d

Negócios