Imigrantes da África protestam

By | 14/06/2015

Ventimiglia. Dezenas de imigrantes, bloqueados na fronteira italiana com a França, que lhes nega acesso a seu território, se manifestaram neste sábado de forma pacífica em Ventimiglia, de acordo com a imprensa internacional.

Gendarmes (policiais) franceses impedem a passagem desses imigrantes bloqueados em Ventimiglia, mas a fronteira continua aberta para a passagem de veículos e turistas.

Os imigrantes são em sua maioria oriundos da África e chegaram à Itália depois de cruzar o Mar Mediterrâneo em barcos que zarparam da Líbia, segundo a Cruz Vermelha. Eles procedem principalmente da Somália, Eritreia, Costa do Marfim e Sudão.

Por ora, a prefeitura italiana não decidiu instalar um albergue na cidade, segundo ainda a Cruz Vermelha. Mais de 50.000 pessoas desembarcaram desde o início de 2015 nas costas italianas. Mais de 100.000 migrantes e refugiados chegaram à Europa através do mar Mediterrâneo desde o início do ano, informou na última terça-feira em Genebra um porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), destacando um aumento espetacular dos desembarques no sul da Itália e na Grécia.

Internacional