Hotéis esperam quase 100% de ocupação durante Carnaval

By | 10/02/2015

Contrariando as projeções negativas para o cenário econômico do País em 2015, o Carnaval desse ano promete ser promissor para setor hoteleiro do Ceará, que estima atingir quase 100% de ocupação no período momino. De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira no Ceará (ABIH-CE), Darlan Teixeira Leite, até ontem, o número de reservas nos hotéis do Estado indicavam uma ocupação de 94% para a época. No entanto, segundo o presidente da entidade, a estimativa é que o índice chegue a 98% até a próxima sexta-feira (13). "Tem sido crescente a procura por Fortaleza. A cidade tem se estruturado cada vez mais, e a própria estrutura da nossa hotelaria. Os pacotes oferecidos para o Carnaval foram bem convidativos. O nosso diferencial também é que não estamos concorrendo com a festa do Rio ou de Salvador, pois quem vem para cá quer tranquilidade e aproveita esses dias como se fossem férias", diz.

Conforme Darlan, a maioria dos turistas passa a noite em Fortaleza e busca outros municípios turísticos do Estado para passar o dia, como Lagoinha, Praia das Fontes, Cumbuco, Morro Branco, dentre outros. "Isso já é tão comum que o Carnaval passou a ser um complemento da nossa alta estação", afirma.

Enquanto visitantes de fora do Ceará se hospedam na Capital cearense, os fortalezenses aproveitam o feriado de Carnaval para viajar para outros destinos no Interior do Estado. "O fortalezense procura municípios turísticos cearenses como Aracati, Canoa Quebrada, Jericoacoara e muitos outros", fala.

Gran Marquise

Um dos "top" entre os hotéis da orla marítima de Fortaleza, o Gran Marquise prevê um índice de ocupação de 80% para o mês de fevereiro, com pico de 87% para o Carnaval, iniciando no domingo, 15 de fevereiro. "Diante do cenário econômico traçado pelo mercado, estamos muito satisfeitos com essa ocupação, pois em 2014, que foi um ano muito mais otimista, chegamos a 90% de ocupação nesse período", compara o gerente geral do hotel, Philippe Godefroit.

Situado também na Avenida Beira-Mar da Capital cearense, o Hotel Luzeiros não pode se queixar. "Estamos com 100% mesmo de ocupação no Carnaval e acredito que a hotelaria esteja toda nesse patamar", comemora a gerente comercial do Luzeiros, Mila Costa Lima.

Segundo ela, o hotel começou a ser procurado para o carnaval já em novembro do ano passado. "Fechamos com muitos grupos desde o ano passado. Por volta do próximo dia 15 (domingo) e até o fim do Carnaval estamos com 100% de ocupação. Vamos receber muitas famílias e grupos de turistas. Muitos deles virão de São Luiz, do Maranhão, e de Belém, no Pará. Também receberemos muitos hóspedes de Natal, mas São Luiz e Belém nos surpreenderam este ano", informa a gerente.

Mila Costa Lima acredita que a movimentação intensa do carnaval irá impactar positivamente nos resultados mensais do Luzeiros. "No fechamento de fevereiro devemos ficar com uma ocupação em torno de 87% no mês", estima.

No Marina Park Hotel, na Praia de Iracema, a expectativa é que a ocupação média fique em 100% de 14 a 17 deste mês, segundo informa o diretor do empreendimento, Eliseu Barros.

Pesquisa

No Ceará, quase 143 mil turistas são aguardados para a festa, segundo o MTur. Os principais polos receptores de visitantes são, além da Capital, Aquiraz, Aracati e Jericoacoara. A festa popular deverá gerar um impacto de R$ 140 milhões na economia local. O gasto per capita deve ficar em R$ 979 , durante o período.

De acordo com dados da Secretaria de Turismo do Ceará, dos 143 mil turistas que movimentarão a economia local, 100 mil virão de outros estados e devem contribuir com R$ 123 milhões na economia local.

Ângela Cavalcante
Repórter

Negócios