Homens armados matam ao menos 19 pessoas em ataque a universidade no Paquistão

By | 20/01/2016

Um grupo de militantes atacou uma universidade no norte do Paquistão, numa ação que deixou ao menos 19 mortos nesta quarta-feira, disseram autoridades. O número de mortos ainda pode subir para até 40 pessoas, segundo policiais. Salas de aula e moradias de estudantes ainda estavam sendo revistados.

O porta-voz do serviço de resgate, Bilal Ahmad Faizi, disse que corpos de 19 pessoas haviam sido retirados, incluindo estudantes, guardas, policiais e ao menos um professor.

A troca de tiros terminou depois de várias horas, e quatro militantes foram mortos, informaram militares. O ataque ocorre pouco depois de um ano de homens do Taliban terem matado 134 estudantes em uma escola perto de Peshawar.

Uma autoridade graduada da área de segurança que estava no local informou à Reuters que 90 por cento do campus já estava seguro e que o saldo de feridos chegava a 51 pessoas.

Os militantes escalaram os muros da Universidade Bacha Khan, em Charsadda, na província ao norte de Khyber Pakhtunkhwa, antes de entrar nos prédios e abrir fogo contra estudantes e professores que estavam nas salas de aula e moradia estudantil, disse a polícia.

Internacional