Grécia enviou a “carta errada” e está pronta para aceitar condições, diz jornal

By | 20/02/2015
Grécia União Europeia (Foto: Getty Images)

O governo grego enviou acidentalmente a carta "errada" a Bruxelas na quinta-feira, sendo que a versão "correta" avançava mais ao aceitar condições firmadas pela administração anterior, afirmou o jornal alemão Bild Zeitung nesta sexta-feira, citando fontes do governo.

De acordo com a publicação, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, em cooperação com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o chefe do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, tinha preparado na quarta-feira uma carta para assegurar o apoio de parceiros de resgate.

No entanto, o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, enviou uma versão alterada da carta na qual – contra os acordos anteriores – omitia garantias de que a Grécia aceitaria as condições de resgate firmadas pelo governo anterior, afirmou o jornal.

A publicação aponta que, em conversas com Dijsselbloem e a chanceler alemã, Angela Merkel, Tsipras descreveu a carta como um "erro administrativo". A proposta que tinha sido enviada foi rapidamente rejeitada pela Alemanha como insuficiente. Ministros das Finanças da zona do euro estão reunidos em Bruxelas em busca de mediar um acordo sobre a Grécia. Fonte: Market News International.

Revista Época Negócios