Governo fecha 2014 com investimentos com alta de 22,6%

By | 29/01/2015
dinheiro, real, moeda, inflação, crédito, juros, impostos (Foto: Thinkstock)

Os investimentos federais fecharam 2014 em R$ 77,535 bilhões, com alta de 22,6% em relação a 2013, segundo os dados divulgados nesta quinta-feira, 29, pelo Tesouro Nacional. Os investimentos em obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) somaram R$ 57,698 bilhões, um incremento de 29% ante 2013.

Dividendos
As receitas com dividendos pagos pelas empresas estatais em 2014 somaram R$ 18,939 bilhões. O resultado mostra uma alta de 10,5% em relação a 2013, quando o governo arrecadou R$ 17,141 bilhões. Em dezembro, os dividendos somaram R$ 1,036 bilhão, pagos pelo Banco do Brasil (R$ 494,1 milhões), pela Caixa (R$ 450 milhões) e IRB (R$ 35,3 milhões).

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi o principal pagador de dividendos à União, garantido receitas de R$ 9,079 bilhões ao caixa do governo. A Caixa pagou R$ 4,356 bilhões; o Banco do Brasil, R$ 2,413 bilhões e Petrobrás. mais R$ 2,012 bilhões.

As concessões renderam ao governo R$ 7,921 bilhões em 2014, 64,1% a menos que em 2013. Em dezembro, o governo arrecadou R$ 5,106 bilhões com concessões.

Revista Época Negócios