Google Car é ensinado a agir com cuidado perto de crianças

By | 05/11/2015
Google Car : investimento do Google em modelo de carro que dispensa motorista (Foto: Getty Images)

O Google está ensinado os seus carros autônomos, os Google Cars, a tomarem cuidados específicos, como o de dirigir mais lentamente, quando detectam crianças por perto.

Por isso, a companhia norte-americana está realizando vários testes de reconhecimento em pequeninos e já teria aproveitado até o Halloween, quando meninos e meninas colocam máscaras e fantasias. "Nós ensinamos os nossos carros a guiar com maior segurança na presença de crianças", informa o relatório mensal de outubro apresentado pelo Google.

"Quando nossos sensores reconhecem os garotos – fantasiados ou não – nas proximidades, nosso software compreende que tem que se comportar de forma diferente. Os movimentos das crianças podem ser mais imprevisíveis – de repente atravessam a rua sem olhar ou correm fora das calçadas -, e a presença deles pode ser facilmente escondida por veículos estacionados", acrescenta o documento.

Neste Dia das Bruxas, o Google pediu que algumas famílias com crianças pequenas andassem perto de carros estacionados, assim os sensores puderam aprender a reconhecer quem não era adulto em todas as suas formas, até de máscaras.

Além disso, o relatório disponibilizado pela companhia ainda afirmou que nas estradas da Califórnia e do Texas estão circulando 48 Google Cars, que já percorreram cerca de 2 milhões de quilômetros sozinhos e 1,5 milhão de quilômetros com pessoas atrás dos volantes.

Revista Época Negócios