Forças tribais tomam aeroporto e terminal de petróleo no Iêmen

By | 17/04/2015

Forças tribais iemenitas assumiram o controle de um importante terminal de petróleo e de um aeroporto no sul do país depois que forças militares que protegem o local se retiraram, disseram autoridades e moradores locais à Reuters nesta quinta-feira.

O grupo tribal conhecido como Al-Majles al-Ahli, composto por ex-militantes da Al Qaeda e outros grupos tribais, assumiu o terminal na cidade de Al-Shihr, na província de Hadramawt, de acordo com autoridades locais e moradores da região. Eles disseram que não houve confrontos entre os soldados e as forças tribais.

O terminal é um dos principais centros da região de Hadramout que exporta uma média de 120 mil a 140 mil barris de petróleo por dia (bpd) a partir de campos na área.

Os grupos tribais também assumiram uma base aérea militar e o Aeroporto Internacional Al-Rayyan, contaram autoridades locais à Reuters.

Os houthis, que formaram uma aliança de conveniência com unidades do Exército leais ao ex-presidente do Iêmen Ali Abdullah Saleh, tomaram a capital, Sanaa, em setembro e, em seguida, avançaram em direção à cidade portuária de Áden.

A Arábia Saudita está liderando uma campanha aérea para conter os houthis.

Rotas próximas, incluindo a estreita passagem Bab el-Mandeb, através da qual cerca de 4 milhões de barris de petróleo são enviados diariamente com destino ao Mar Vermelho e ao Canal de Suez, também são ameaçadas pelo conflito.

Ultima Hora