Ericsson lança soluções para cidades e casas inteligentes em Las Vegas

By | 10/01/2016

Três novas soluções para auxiliar empresas e provedores de serviços de comunicação estão sendo lançados pela Ericsson na CES 2016, que encerrou neste sábado, 9, em Las Vegas, nos EUA. As novidades têm por objetivo fornecerem serviços ligados à Internet das Coisas (IoT) e atenderem à demanda cada vez maior do mercado, que irão fortalecera liderança da Ericsson relativa à soluções ponta a ponta.

A IoT cresce rapidamente, se tornando um fator importante na transformação que une o mundo físico ao mundo digital. A edição mais recente do Relatório de Mobilidade da Ericsson prevê que em 2021, o mundo terá 28 bilhões de dispositivos conectados, sendo mais da metade utilizados para conexões M2M e IoT.

As três novas soluções apresentadas pela Ericsson com foco no uso de IoT para impulsionar as inovações do setor em cidades inteligentes e casas conectadas são as seguintes:

– Medição Inteligente como Serviço

– Análise de Dados do Usuário e da IoT

– Networks Software 17A diversifica células para IoT

Medição Inteligente como Serviço

As TICs estão se tornando cada vez mais importantes para os provedores de serviços, pois essa área está em constante busca por maior eficiência operacional e maneiras de inovar e melhorar a experiência do cliente.

A plataforma Medição Inteligente como Serviço permite a terceirização do processo de negócios de ponta a ponta, aproveitando a experiência da Ericsson em fornecer mais de 42 milhões de medições inteligentes no mundo. Os benefícios desse serviço incluem a redução do tempo de lançamento, operação e gerenciamento de medição superiores, além da máxima economia nos custos. Com isso, os provedores de utilitários aproveitarão um menor custo total de propriedade e reduzindo a complexidade no atendimento, já que a Ericsson atua como ponto de contato com os provedores de serviços de TI, operadoras de telecomunicação e empresas de serviços de campo.

Para os consumidores, a medição inteligente oferece um atendimento mais confiável, um faturamento mais preciso e a possibilidade de controlar os gastos com mais eficiência. Ela também suporta serviços de resfriamento, aquecimento e iluminação na automatização de segurança avançada – identificados como áreas de alto interesse para os moradores pelo estudo “Domicílios Conectados” do ConsumerLab,  área da Ericsson que há 20 anos estuda o comportamento dos usuários.

A Medição Inteligente como Serviço estará disponível comercialmente no segundo trimestre de 2016.

Análise de Dados do Usuário e da IoT

O crescimento do número de dispositivos conectados apresenta às operadoras de telecomunicação a oportunidade de otimizar o uso dos dados da rede. A Análise de Dados do Usuário e da IoT da Ericsson permite que as operadoras ofereçam um mecanismo de avaliação em tempo real incorporado ao banco de dados do assinante.

Essa solução aumenta a atuação da ferramenta Consolidação de Dados do Usuário (UDC) da Ericsson e agrupa dados de diversos tipos de dispositivos, celulares ou não. Ela também busca e incorpora informações de outros relatórios dos fornecedores. Dessa forma, as operadoras podem aprimorar a eficiência operacional interna e expandir os seus negócios. Em paralelo, eles podem ampliar suas funções no ecossistema da IoT além de simplesmente oferecer a conectividade.

A Análise de Dados do Usuário e da IoT da Ericsson estará disponível comercialmente a partir do final do segundo trimestre de 2016.

Networks Software 17A diversifica células para a IoT

Em setembro de 2015, a Ericsson anunciou um conjunto de atualizações de software para acelerar a aceitação da IoT, eliminando os obstáculos para uma adoção no mercado. Para atender às demandas cada vez maiores de dispositivos interligados e com uma grande variedade de usos e requisitos, a Ericsson lança o Networks Software 17A para IoT com suporte a milhões de conexões de dispositivos por célula.

As atualizações exclusivas para o software apresentam a mais nova categoria de dispositivo para conexões LTE, o Narrowband-IoT (NB-IoT), para a infraestrutura de rede existente e oferecendo uma iniciação mais rápida de conectividade móvel segura e confiável com o menor preço.  

A NB-IoT é adequada para aplicativos de IoT, como o monitoramento de sensores e medição, além das escalas de flexibilidade preparadas para suportar milhões de conexões por célula. Ela também reduz os custos do módulo em 90% e oferece sete vezes mais cobertura. Junto com a economia de energia, a plataforma oferece mais de 10 anos de vida útil para a bateria, ao mesmo tempo em que mantém a disponibilidade do downlink.

O Ericsson Networks Software 17A para IoT estará disponível comercialmente no quarto trimestre de 2016.

Ultima Hora