Egídio Serpa – Agrotóxico: ciência dividida

By | 17/01/2016

Foi ideologizada a questão do uso dos agrotóxicos nas diferentes atividades da agricultura brasileira. Tanto é verdade que, de um lado, há cientistas declaradamente contra os agrotóxicos, acusando-os de causar várias doenças, inclusive câncer, e, do outro lado, há cientistas que afirmam e reafirmam que resíduos de agrotóxicos encontrados nos legumes, verduras e frutas não fazem mal à saude humana, pois estão dentro dos limites impostos pela legislação brasileira. Os males que podem causar os agrotóxicos estão no seu manuseio e na sua aplicação no campo, onde o pequeno produtor, sem assistência técnica, os utiliza sem os equipamentos necessários e sem respeito à bula do fabricante. As frutas e as hortaliças – orgânicas ou não – consumidas no Ceará e no País todo são saudáveis, como as dos EUA e Europa.

Ainda não foi esclarecida a causa do acidente que provocou a inédita queda de uma torre de um parque eólico em Trairi. Por que a torre se partiu em duas? É a pergunta que pede resposta.

Banana

Sexta-feira, 15, esta coluna revelou que 99% da banana consumida no Ceará são produzidos aqui mesmo por pequenos produtores nas regiões serranas do Estado. Hoje, o cultivo da banana ocupa 30 mil hectares, área que já foi de 35mil hectares há três anos. A seca reduziu a área plantada, mas não a vontade dos pequenos de produzir.

Irrigação

Petrolina (PE) sediará, mais uma vez, a Feira Nacional da Agricultura Irrigada, maior evento do setor no País. Até que a natureza prove o contrário, a feira será realizada em cenário de pouca oferta de água. O polo de irrigação de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) produz 94% da manga e 98% da uva exportadas pelo Brasil. E emprega 120 mil pessoas.

Sustentável

Reparem: se o Ceará é o maior produtor e exportador de frutas tropicais do País e é, também, como reconheceu recentemente a presidência da Fiocruz, o último colocado no consumo de agrotóxicos, surge a óbvia conclusão de que sua fruticultura é sustentável. Sobre o tema: na água da Cagece há cloro, uma substância tóxica, mas em quantidade prevista pela legislação, como acontece com os agrotóxicos usados pelas empresas da fruticultura, cujos produtos – fiscalizados periodicamente – são saudáveis.

Tilapicultura

Neste momento, há uma crise de oferta hídrica que afeta a atividade econômica no interior do Ceará. Não obstante, a Seapa – Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura – executará um programa de monitoramento da qualidade da água dos açudes Orós e Castanhão, onde se criam tilápias de modo intensivo em gaiolas submersas. Isso exige o permanente cuidado com o manejo da água, razão por que a Seapa tomou a decisão, apoiada pelos tilapicultores.

Congonhas

No fim deste mês, a Gol Linhas Aéreas operará mais um voo ligando Fortaleza a São Paulo – ida e volta. Novidade: ele pousará no Aeroporto de Congonhas. Isto quer dizer que quem preferir essa frequência da Gol evitará o demorado – e perigoso – deslocamento de táxi do Aeroporto de Guarulhos até o centro da capital paulista. Pergunta: a TAM também terá um voo de Congonhas ao Pinto Martins – indo e voltando?

Ah!!

Embrapa

Prossegue a pesquisa, desenvolvida pela Embrapa Agroindústria Tropical, com sede em Fortaleza, em torno da adaptação de árvores amazônidas ao solo do litoral do Ceará. A pesquisa se faz no entorno do município de Marco, que tem as maiores indústrias moveleiras do Estado, as quais acompanham tudo.

Oh!!

Ruim

Integrante do binário que tornou a rua Padre Valdevino uma via preferencial para a circulação de ônibus, a rua D. Expedito Lopes passou a ser a opção de veículos de passeio que demandam o centro da cidade. A rua é estreita. Mesmo assim, a AMC implantou nela uma ciclovia. Piorou o que era ruim.

"O PSDB não deve mergulhar na ideia do impeachment"

Arnaldo Madeira, tucano 5 estrelas, um dos fundadores do PSDB, para quem o seu partido ficou a reboque de Eduardo Cunha

Livre Mercado

Se o governo quiser mesmo reformar o atual sistema de Previdência Social, a primeira coisa a fazer será preservar os direitos de quem está perto da aposentadoria. Isto tem de ficar bem claro. A reforma, que poderá incluir a idade mínima para o benefício, só poderá vigorar daqui a 20 anos. Enquanto isso, o Governo seguirá toureando o déficit bilionário.

Leia mais conteúdos: www.diariodonordeste.com.br/egidio

Acompanhe os comentários em http://svmar.es/egidio-serpa

Negócios