Egídio Serpa

By | 27/02/2015

Locação de carros em alta

O setor de aluguel de veículos no Ceará vem apresentando crescimento diretamente proporcional ao avanço da atividade turística no Estado. Nos últimos anos, o setor experimentou evolução vertiginosa. Dados do anuário da Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis (Abla) ilustram bem o fervor do segmento: entre 2008 e 2013, o número de pontos comerciais subiu de 51 para 135 no Estado, representando expansão de 164% em curto intervalo de tempo. Com isso, a frota também cresce de expressivamente. Em 2008, havia 5.598 veículos para aluguel no Ceará. Hoje, já são mais de 14 mil, ou seja, 150% a mais. Em 2014, o setor ainda não tem dados consolidados, mas a expectativa é de avanço de 4,73%.

Juros monstruosos

Os já absurdos juros no cartão de crédito estão ainda maiores. Segundo o BC, a taxa anual passou de 309,5% para 334% em um ano. É, disparadamente, a linha de crédito mais cara.

Oportunidades

Universitários cearenses podem se inscrever para vagas de estágio disponibilizadas pela diretoria regional dos Correios no Estado. Há oportunidades para estudantes de ciências econômicas, administração e outros cursos.

Valorização

O Twitter foi a marca do mundo que mais se valorizou no ano passado. Em 12 meses, a rede social passou de US$ 1,5 bilhão para US$ 4,3 bilhões. O sucesso se deve à abertura de capital da empresa do passarinho azul, realizada em 2013.

Brasil na Expo Milão

Precisando de um impulso na exportação de produtos alimentícios, o governo brasileiro confirmou presença na feira Expo Milão, realizada a cada cinco anos. Em 2015, o grande evento terá valor especial, uma vez que a balança comercial não anda bem e os alimentos têm grande relevância no resultado. Outros 140 países deverão participar do evento, o qual deverá abrigar firmamentos de contratos internacionais multimilionários. Com o tema "Alimentando o Mundo: Energia para a Vida", a feira, a ser realizada na Itália, espera receber aproximadamente 20 milhões de visitantes em uma área de mais de 1 milhão de m².

Empresas de táxi

Interessante pesquisa da Young Entrepreneur Council revela alguns negócios que deverão deixar de existir até 2020. As empresas de táxi, segundo o estudo, estão entre as que sumirão. Por conta da autonomia e praticidade dos aplicativos de celular, as cooperativas ficarão obsoletas.

Bom

Nos céus

Dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) apontam que o número de passageiros em voos domésticos chegou a 9,7 milhões em janeiro, o que representa alta de 12,5%.

Ruim

Piada de mau gosto

A aprovação da Câmara que dá direito a passagens aéreas por parte de mulheres de deputados contradiz completamente o momento vivido pelo País, de cortes secos de gastos públicos.

Livre Mercado

Duas grandes empresas estão com programas de novos talentos abertos. A Flytour e a PricewaterhouseCoopers procuram estudantes que cursam a partir do segundo ano de graduação em diversas áreas. As oportunidades são para estados do Nordeste, Sudeste e Centro Oeste.

A arrecadação federal apresentou redução em janeiro, de acordo com informações divulgadas pela Receita. A soma de todos os tributos que adentraram os cofres do governo foi de 125,2 bilhões, retração de 5,4% em relação a igual período de 2013.

A coluna foi redigida por Victor Ximenes.

Negócios