Dupla cruza o oceano pacífico de balão, pousa no México e quebra recorde

By | 31/01/2015

Uma dupla de aventureiros esperava criar um novo recorde quando a disputa é em questão é longas viagens de balões. Hoje, após pousar na costa de Baja, no Máxico, eles conseguiram. O americano Troy Bradley e o russo Leonid Tiukhtyae foram resgatados após viajarem cerca de 7 mil milhas pelo oceano pacífico e agora detém o título de maior distância já percorrida com uma balão. Eles passaram quase uma semana no mar após decolar do japão no domingo de manhã. No início da tarde deste sábado, o prefeito da cidade mexicana de Albuquerque avisou, através do Twitter, que os pilotos estavam a salvos.

Apelidados de "águias" pelas conquistas, aguentaram uma viagem de 137 horas de duração e conseguiram quebrar um recorde que datava do ano de 1978. Na ocasião, uma equipe cruzou o Atlântico com balão, percorrendo 8,383 mil quilômetros. Bradley e Tiukhtyae fizeram mais de 8,4 mil quilômetros. Tudo foi documentado nas redes sociais – pelo Twitter e pelo Facebook. Eles voaram a uma altitude de 15 mil pés, o que exigiu que eles usassem máquinas de oxigênio e enfrentar temperaturas baixíssimas. 

Revista Época Negócios