Devolução de cheques avança

By | 20/06/2015

São Paulo. A proporção de cheques devolvidos pela segunda vez por falta de fundos em relação ao total movimentado avançou para 2,24% em maio, após atingir 2,21% em abril. O porcentual é o mais alto para o mês desde 2009, quando as devoluções representaram 2,46% do total.

Em maio de 2014, a taxa estava em 2,12%, segundo dados divulgados pela Boa Vista, que administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

Na passagem de abril para maio, o número absoluto de cheques devolvidos recuou 2,0%, para 1,241 milhão, enquanto o de cheques movimentados caiu 3,7%, para 55,316 milhões. Já no acumulado dos cinco primeiros meses do ano, houve retração de 7,2% nas devoluções e de 11,7% no número total de cheques movimentados. Neste período, os cheques devolvidos de pessoas físicas recuaram 9,3% e os de pessoas jurídicas registraram decréscimo de 1,7%.

Negócios